Páginas

domingo, 6 de maio de 2012

A Psicologia Infantil e o Contexto Escolar



Souza (2000) afirma que não existem modelos préconcebidos para se trabalhar na escola, mas “princípios norteadores de uma prática a serviço da superação da exclusão, da estigmatização e da desigualdade” (p.136). Sayão e Guarido (1997) também salientam a necessidade da mudança do foco da atuação do psicólogo escolar, para não ser restrito à orientação psicológica sobre as crianças, mas envolver os aspectos da relação entre a equipe e os educadores, contemplando os conflitos, as insatisfações e contradições inerentes às práticas sociais. A partir das idéias dessas autoras, podemos apontar como “princípios norteadores” dessa prática os seguintes pontos: trabalho com os professores; a etnografia como metodologia; interdisciplinaridade; trabalho junto às famílias; e trabalho com a criança.
 www.sumarios.org/

Um comentário:

  1. Carla Gomes n. Rainha28 de abril de 2014 09:18

    TANIA, Adorei seu Blog ele é muito informativo e aborda temas atuais. continui sempre ajudando a informar a todos.

    ResponderExcluir